Os dentes do juízo

fevereiro 28, 2017


Todos os conhecem. Todos sabem que não são nossos grandes amigos, mas existem. Para meu azar (ou sorte?!?) nasceram-me os 4. Usei aparelho durante 2 anos e pouco, portanto não queria que os malandros me estragassem o bem que já estava feito.

Fiz uma ortopantomografia (um raio-X) e qual foi o meu espanto quando vi que tinha os 4 dentes do siso. Ainda para mais os 2 de baixo estavam inclusos, a nascer tortos, a fazer força contra os outros. Entrei em modo "Eu tenho que arrancar isto o mais depressa possível!" pois tinha imenso medo que pudessem estragar os que estavam direitos. Assim foi, tratei de falar com o meu dentista, pedir orçamento e toda essa história. Primeiro arranquei um de baixo. Não vou dizer que não me doeu nada, é claro que doeu, mesmo com anestesia, o médico fez imensa força e isso custa. Não foram os 15-20 minutos mais agradáveis da minha vida, mas passaram-se. O pior foi a recuperação, mal eu pensava que ia ser assim. Nessa noite comecei a ter dores, mas nada de outro mundo. No dia seguinte acordo a parecer um peixe balão, literalmente! Ninguém imagina. Não estava a contar que fosse ficar tão inchada. E acreditem que custava bastante ver-me assim ao espelho. Embora o pior seja o facto de mal se conseguir comer alguma coisa de jeito! Mas passou. Na quinta-feira passada aventurei-me, e desta vez arranquei 2 (corajosa a miúda pensam vocês). Corajosa não, mas desesperada por só passar mais uma vez pela recuperação. Admito que desta vez não me custou tanto o arrancar, mas a recuperação não foi melhor que a outra. Inchada, mal comia e dores! Felizmente está a acabar, quinta-feira vou tirar os pontos, já ando a comer melhor e as dores já se aguentam bem.

Agora agradeço e fico descansada por saber que os que estão direitinhos assim se vão manter, mas sem dúvida que a recuperação de uma extração dentária não é fácil. As minhas resumiram-se a gelo (MUITO!), brufen, benuron, papas e líquidos. Nada agradável! Atualmente, só tenho 1 - não podia ficar sem o juízo todo não é?!? -  e não faço questão de o arrancar tão depressa, só quando vir que é necessário. 
No entanto, se estão a pensar arrancar, vão em frente. Não vos vou dizer que é fácil, percebem bem que não é, mas vale mais do que vos estarem a estragar os outros dentes e até a boca. Sejam corajosos e arranquem esses malditos que não são precisos para nada!



You Might Also Like

3 comentários

  1. A mim também nasceram os quatro (mas nem dei por eles!!). Estavam todos direitos, de fora e sem me dar problemas. Arranquei-os há seis anos atrás porque quando me decidi a meter o aparelho o médico disse que eu precisava de arranjar espaço e que o mais lógico era tirá-los. Ao início fiquei em pânico mas nenhum dos quatro me deu problemas alguns. Saíram em menos de cinco minutos, não levei pontos, não inchei. Só tive que ter o cuidado de comer coisas frias e sem grandes pedaços. De resto tive a sorte da minha vida. Mas ainda bem porque maricas como eu sou se tivesse passado pelo que tu passaste já não queria lá voltar!! Tiveste muita coragem ;)

    ResponderEliminar
  2. Eu também usei aparelho e cerca de 2 anos depois de o tirar a médica percebeu que eles se deitaram completamente e que estavam a empurrar os outros... enfim, tirei os de baixo no final do ano passado. Os de cima ainda estão normais.
    Alexandra

    ResponderEliminar
  3. Bem, a recuperação depende muuuuito da extracção dentária em causa, a maior parte das extracções tem uma recuperação simples e pouco ou nada dolorosa. Só em casos de dentes inclusos ou anquilosados ou em caso de presença de infecção, enfim, de qualquer coisa mais "complicada" é que a recuperação é assim como descreves (;

    ResponderEliminar

Follow